Qual objetivo do AbbVie PRO para doença inflamatória intestinal (DII)? 

É um projeto de educação médica continuada digital junto ao GEDIIB, que tem como objetivo expandir os conhecimentos da classe médica sobre a doença inflamátoria intestinal (doença de Crohn e retocolite ulcerativa), melhorando a experiência do paciente desde o diagnóstico até o tratamento através de conteúdos didáticos, construídos por especialistas.


7
módulos


33
vídeos


23
especialistas

Sobre doença inflamatória intestinal (DII)2

As DIIs - doença de Crohn (DC) e retocolite ulcerativa (RCU) - são distúrbios idiopáticos crônicos que causam inflamação do trato gastrointestinal.

Doença de Crohn (DC)1

A DC, particulamente, é caracterizada pelo acometimento focal, assimétrico e transmural de qualquer  porção do tubo digestivo, da boca ao ânus. Os segmentos do tubo digestivo mais acometidos são:

  • Íleo
  • Cólon
  • Região perianal.

Retocolite ulcerativa (RCU)2-4

A RCU é uma doença crônica debilitante que promove inflamação no cólon e no reto. O curso da doença é  caracterizado por alternância entre períodos de recaída. Os primeiros sintomas incluem:

  • Sangue nas fezes;
  • Diarreia;
  • Dor abdominal.

A inflamação prolongada do intestino reduz a qualidade de vida do paciente e aumenta a suscetabilidade  ao câncer colorretal e a mortalidade.

O Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Instestinal do Brasil - GEDIIB - é uma entidade médica sem fins lucrativos, fundado em março de 2002. São especialistas de diversas especialidades na área da saúde* buscando aprimorar e gerar conhecimento relacionado ao tratamento das doenças inflamatórias intestinais.

*Clínicos, pediatras, gastroenterologistas, cirurgiões, coloproctologista, nutrólogos, endoscopistas, dermatologistas, pneumologistas, patologistas, reumatologistas, hematologistas, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos.

Quer saber mais sobre o GEDIIB?

Referências

  1.  Ng SC, Shi HY, Hamidi N, Underwood FE, Tang W, Benchimol EI, et al. Worldwide incidence and prevalence of inflammatorybowel disease in the 21st century: a systematic review of population-based studies. Lancet. 2018 Dec 23;390(10114):2769-2778.
  2. Kasper DL, Fauci AS, Hauser SL, et al. Harrison’s principles of internal medicine. 19. ed. McGraw-Hill Education; 2015.
  3. National Institute for Health and Care Excellence. Ulcerative colitis: management. Clinical Guidelines; 2013. Disponível em: https://www.nice.org.uk/ Guidance/cg166. Acesso em: 1 mar. 2019.
  4. Hopkins Medicine. Ulcerative Colitis: Introduction. 2013. Disponível em:  http://www.hopkinsmedicine.org/ gastroenterology_hepatology/_pdfs/  small_large_intestine/ ulcerative_colitis.pdf. Acesso em: 26 fev. 2019.