AbbVie Reumatologia

Temos nos esforçado para melhorar o padrão de tratamento em reumatologia há mais de 20 anos. Estamos empenhados em criar um amanhã melhor para os pacientes em toda parte.

Um Legado de Inovação

Desde o início, a Reumatologia tem sido o foco principal da AbbVie. Nossa curiosidade e dedicação permanecem firmes à medida que usamos a ciência de ponta para melhorar nossa compreensão de novos caminhos e metas promissores, com o objetivo de oferecer melhores abordagens de tratamento para pacientes com doenças reumáticas.

Conheça nossas áreas de interesse em reumatologia:

  • Artrite reumatoide (AR);
  • Artrite idiopática juvenil (AIJ);
  • Artrite psoriásica (APs);
  • Espondiloartrite axial (SpA axial);
  • Uveíte;
  • Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).

Pioneiros na Ciência

Tratamentos alvo

Para desenvolver terapias alvo, nossos cientistas demonstraram um foco inabalável no entendimento sobre o que faz o sistema imunológico se virar contra os pacientes causando AR e outras doenças imunomediadas. Esse conhecimento nos permite direcionar tratamentos para enzimas específicas envolvidas no processo inflamatório.

Lançando um golpe duplo

As doenças imunomediadas são complexas e geralmente operam por vias complementares. Estamos explorando maneiras de inibir as múltiplas vias da doença e permitir maior precisão por meio de tecnologias como Conjugados de Anticorpo-Medicamento (CAMs) e terapias combinadas. Desenvolvidos pela primeira vez para oncologia, os CAMs têm o potencial de fornecer o medicamento anti-inflamatório diretamente a um alvo. Podem ser necessárias terapias combinadas para combater doenças imunomediadas complexas, pelo fornecimento de duas terapias de maneira combinada.

Novo tratamento para pacientes

Genética

Uma melhor compreensão da genética individual dos pacientes com AR poderia ajudar a comunidade científica a descobrir novos tratamentos para os pacientes e identificar quem está em maior risco.

Ambiente

Associados à genética, os fatores ambientais e do estilo de vida também podem desempenhar um papel no desenvolvimento da AR. Determinados estilos de vida e eventos podem interagir com os genes da pessoa para desencadear o desenvolvimento da AR.

Biomarcadores

Identificação de um biomarcador confiável, um marcador biológico que identificaria a AR, poderia ajudar os médicos e pesquisadores a desenvolverem novos tratamentos direcionados e combinar o paciente certo com o medicamento certo.

Vias principais

JAK1

Transmite a mensagem de citocinas de fora para dentro da célula, direcionando uma resposta imune.

IL-231

Atua no desenvolvimento, manutenção e expansão das células Th 17.

TNF-α1

Contribui para a indução e manutenção da resposta imune inflamatória.

BTK2

Envolvida na maturação de células B, que produzem anticorpos que ajudam o organismo a se proteger.

 

Referências:

1. Ridgley LA, Anderson AE, Pratt AG. What are the dominant cytokines in early rheumatoid arthritis? . Curr Opin Rheumatol 2018, 30:207–214;

2. Lv J, Wu J, He F et al. Development of Bruton’s Tyrosine Kinase Inhibitors for Rheumatoid Arthritis. Current Medicinal Chemistry 2018. 25 (42): 5847 - 5859.

 

Saiba mais como estamos avançando a ciência.

Notícias

Receba as últimas notícias sobre a AbbVie em Imunologia.

Visite nosso Centro de Notícias

Histórias

O futuro da Artrite reumatoide: Como os genes, o estilo de vida e o ambiente influenciam.

Leia a história completa


Material destinado exclusivamente a profissionais prescritores da área da saúde.
Todos os Direitos reservados. Este material é protegido por D. Autorais e por outras Leis de proteção de propriedade intelectual. Qualquer reprodução total ou parcial, alteração, compartilhamento ou uso impróprio  deste conteúdo sem autorização prévia da empresa é expressamente proibido. Para acessar a minibula,  clique aqui.
Esta página é parte integrante do material BR-RNQR-200162 não devendo ser interpretada/utilizada de forma isolada